quinta-feira, 28 de julho de 2016

Saímos no Jornal!!!

Parabéns ao nossos alunos do segundo ano da Escola Estadual Villa Lobos pelo belo trabalho que estão desenvolvendo. Conseguiram surpreender à professora, a escola e a toda comunidade Capilé porque saíram no Jornal Vale dos Sinos de São Leopodo do dia 27 de julho de 2016.
Foram ótimos, estão de parabéns!

terça-feira, 12 de julho de 2016

Jogando e aprendendo

Na avaliação da turma 107 do primeiro ano do ensino médio politécnico da Escola Mathias Schütz desenvolveu um excelente trabalho. Criou um jogo onde conseguiu aperfeiçoar seus conhecimentos. Parabéns pessoal, estou orgulhosa pelo belo trabalho!!!

Uma sala de aula um pouquinho divertida

Os alunos da turma 104 do primeiro ano da Escola Mathias Schutz provaram que é possível desenvolver um excelente trabalho no pátio da escola. Eles trabalharam em grupo e foram participativos, esclarecendo suas dúvidas e fazendo todas as atividades. Conseguiram trabalhar prestando atenção e foram atrás da informação. Gosto de trabalhar no pátio, porque além de estarem em contato com a natureza, conseguem ser mais independentes, talvez porque a "sala de aula", no caso, o pátio da escola, fica maior.

Terrário produzido pelo segundo ano da turma 204 da Escola Mathias Schütz

O segundo ano está conhecendo mais sobre a biodiversidade animal. Por se interessarem pelo assunto, resolveram desenvolver um ecossistema artificial para criarem pequenos invertebrados como moluscos gastrópodes terrestres.



quarta-feira, 18 de maio de 2016

Seminários sobre sistema respiratório e Sistema cardiovascular do 8º ano da E.E.E.F. 19 de Outubro


O sistema respiratório é o conjunto de órgãos responsáveis pelas trocas gasosas entre o organismo dos animais e o meio ambiente, ou seja, a hematose pulmonar, possibilitando a respiração celular. Nos vertebrados terrestres, o sistema respiratório é fundamentalmente formado por dois pulmões.
O coração e os vasos sanguíneos e o sangue formam o sistema cardiovascular ou circulatório. A circulação do sangue permite o transporte e a distribuição de nutrientes, gás oxigênio e hormônios para as células de vários órgãos. O sangue também transporta resíduos do metabolismo para que possam ser eliminados do corpo.
Os alunos do 8º ano da Escola E.E.F 19 de Outubro produziram cartazes coloridos e muito criativos organizando seminários sobre os assuntos. Fiquei um pouco triste porque nem todos apresentaram o Seminário, mas confio nos meus alunos e sei que os próximos trabalhos a dedicação será total!

terça-feira, 17 de maio de 2016

Medindo Ph e conhecendo fenômenos químicos com suco de repolho roxo

Um aspecto importante da Química é identificar as transformações sofridas pelas substâncias. Tais transformações da matéria são chamadas de fenômenos. Em Química, trata-se apenas de qualquer mudança que ocorra com a matéria.
Os alunos do 9º ano da Escola E. de E. F. 19 de Outubro na aula de Ciências, estudaram fenômenos e puderam descobrir, o quão fascinante é estudar química, medindo o Ph de algumas substâncias, com o caldo do repolho roxo. A cada alteração do Ph, obtêm-se também alteração da cor da substância!


quarta-feira, 4 de maio de 2016

Aprendendo ecologia fazendo um terrário

Aprender ecologia é sempre divertido e prazeroso quando é feito com carinho. A turma do 6º ano da Escola E. Villa Lobos, se dedicou na compreensão do ecossistema, resultando em um trabalho satisfatório. Parabéns 6º ano, vocês foram ótimos!!!




sábado, 23 de abril de 2016

Lutando contra o Aedes sp.

Os alunos da turma 223 do segundo ano da Escola Villa Lobos,não deixaram barato na luta contra o Aedes sp. Arremangaram as mangas e foram procurar por possíveis focos da doença. Para o bem da escola, não encontraram, mas já aproveitaram para fazer cada um a sua parte e além de deixar a escola ainda mais limpa e organizada, se certificaram de que estão seguros.
Parabéns turma!!!

Teatro sobre a cadeia alimentar

Todos os organismos da cadeia alimentar necessitam de energia para sobreviver e é a partir do alimento que retiram do ambiente que, a matéria está sempre seguindo um fluxo em um ecossistema. O fluxo de energia começa no produtor e vai em direção ao decompositor, passando por vários níveis tróficos. Isso, porque a energia é absorvida através dos produtores, que pela fotossíntese, produzem energia e passam para os consumidores, que direcionam a energia para os decompositores, que absorvem, reciclam a matéria orgânica, recomeçando o ciclo. A transferência desta energia, desde o produtor (organismo autótrofo) até o decompositor, passando por uma série de consumidores é chamada de cadeia alimentar ou cadeia trófica.
Os alunos do 6º ano da Escola Estadual Villa Lobos, fizeram teatro para representar todos os organismos e fluxos de uma cadeia alimentar. Parabéns pessoal, muito bom trabalho!!! Obs., parabéns também aos mais tímidos que se deixaram levar pela responsabilidade e pela descontração e exerceram um excelente trabalho!!



sexta-feira, 22 de abril de 2016

As diferentes células dos seres vivos

Os seres vivos podem possuir diferentes células. Todos os seres do Reino Monera são procariontes. Eles não possuem carioteca, que é a membrana nuclear e por isso o material genético fica disperso em todo o citoplasma. Já os indivíduos do Reino animal, vegetal, protista e fungi ficam organizados por uma membrana chamada carioteca. A carioteca delimita um núcleo, no qual ficarão contidos o material genético da célula.
Os alunos do 8º ano estão estudando a respeito e fizeram magníficas maquetes para melhor compreenderem o assunto.






Todos juntos sempre na luta contra o Aedes sp.

Os alunos do 5º ano e do 7º ano  da Escola E. de E.F. 19 de Outubro também quiseram lutar contra o mosquito Aedes sp.Todos os alunos da escola contribuirão, mas os da turma do sexto ano já começarão fazendo armadilhas conhecidas  Estão fazendo folders e já fizeram suas armadilhas para testarem e obterem resultados. Assim que terminarem seus folders, distribuirão junto a comunidade escolar, dando recomendações importantes. E continuarão analisando e pesquisando sobre as armadilhas que práticas e econômicas, usada somente com materiais que se têm em casa, segundo especialistas, têm duas formas de ser usada.
Segundo pesquisadores, como o professor Maulori Cabral, chefe do departamento de virologia do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em um programa de televisão, diz que a armadilha pode ser usada de duas formas: uma isolada e outra coletiva.
Isoladamente, a armadilha tem caráter educacional e serve para apontar se o mosquito transmissor dos vírus da dengue, chikungunya e zika está presente na região. "Se capturar o Aedes aegypti na mosquitérica, a pessoa pode alertar as autoridades para procurar focos do mosquito na vizinhança", disse Cabral.
Mas a armadilha, em tese, também pode ser usada coletivamente - dessa vez com o objetivo de erradicar o mosquito de uma região.
Mas para isso, seria necessária uma mobilização da população, por meio de redes sociais ou por canais de mídia, por exemplo, para que todas as casas preparassem armadilhas ao mesmo tempo. Assim, toda uma geração do mosquito poderia ser eliminada.
Vamos continuar lutando contra o Aedes sp., e afastar as doenças Dengue, Chicungunya e Zika Vírus













Estudando a Filogenia e a taxonomia dos seres vivos

Para que se tenha uma organização dentre toda a biodiversidade Terrestre, tanto animal quanto vegetal, é preciso que se identifique todos os seres vivos e se agrupe de forma organizada, e uniforme, seguindo regras de classificação e de nomenclatura. No entanto, é muito importante para a ciência que todos os seres vivos sejam identificados, ou não seria possível estudá-los. A taxonomia, ciência que agrupa os seres vivos conforme ascaracterísticas que eles apresentam em comum, organiza como num jogo de encaixar. Cada grupo possui um subgrupo, o qual possui outro subgrupo, e a cada divisão as similaridades ficam cada vez mais acentuadas de acordo com história evolutivaA Turma do segundo ano do Politécnico da Escola Mathias Schütz, depois de organizar e classificar cada um, um tipo diferente de planta medicinal e aproveitar para pesquisar sobre a planta e sua características, também já aproveitou e plantou-a na escola. - Parabéns pessoal, gostei do comprometimento e resultados da turma!!! Quero aproveitar também para aproveitar e agradecer em nome da turma, a grande amiga da nossa escola, Lucia Bogorni, que fortaleceu nossa classificação e ao mesmo tempo nossa plantação de plantas medicinais nos doando algumas mudas. Muito obrigada Lúcia!












http://youtu.be/TJnpsuv3E7s

Seguidores